8 Razões pelas quais o tanque Sherman foi o melhor tanque da 2ª Guerra Mundial
origin
O tanque de batalha médio M4 Sherman foi um dos veículos de combate mais icónicos da 2ª Guerra Mundial e uma imagem que define a imagem do Exército Americano na Europa. Foi um excelente tanque que se destacou não só no campo de batalha, mas também em toda a sua cadeia de financiamento, produção e logística.A medida que o torna um bom tanque não é apenas uma batalha de tanques em campo aberto. Isso é irreal e ignora a maioria dos elementos-chave da guerra. A capacidade do país de construir, fornecer, pagar e operar o tanque deve ser levada em consideração, bem como a forma como o tanque se encaixa em outros sistemas de armas e doutrinas militares.Em quase todas as métricas, o M4 Sherman provou ser um tanque valioso. Aqui estão oito razões pelas quais o Sherman foi o melhor tanque da 2ª Guerra Mundial.

8 – Eficácia Operacional

Via Pinterest

Durante a fase intermédia da guerra (que incluiu a última parte da campanha do Norte da África), o M4 Sherman foi mais eficaz no combate do que os designs alemães e italianos contemporâneos mais leves.

Via Pinterest

Mais tarde, porém, sua vantagem diminuiu diante dos tanques alemães mais pesados ​​entrando no combate. Ele permaneceu relevante com seus números superiores, confiabilidade, melhor suporte logístico e por trabalhar em conjunto com o resto dos militares como artilharia, caça-tanques e apoio aéreo.

7 – Números De Produção

Via Pinterest

O M4 Sherman teve uma produção vertiginosamente grande, com quase 50.000 veículos sendo produzidos. Essa é uma quantidade incrível e facilmente o tanque mais produzido na história militar americana.

Via Pinterest

Compare isso com as execuções de produção comparativamente desanimadoras de menos de 1.500 para o Tiger I e menos de 500 para o Tiger II. As fábricas americanas foram capazes de padronizar o tanque, trabalhar juntas e produzi-los em grande quantidade. Para cada Sherman que os alemães tiravam, haveria ainda mais para substituí-lo.

6 – Versatilidade

Via Pinterest

Embora o tanque não tenha sido inicialmente planeaado como um veículo de apoio de infantaria, ele acabou sendo bem adaptado para isso, além de uma série de outras funções. Foi concebido para ser “capaz de se envolver em todas as formas de combate” .

Via Pinterest

Ele foi projetado para dar ênfase à mobilidade e ao poder de fogo, com foco particular na operação ofensiva na retaguarda do inimigo.

5 – Barato

Via Pinterest

O custo é sempre um fator importante a se considerar em qualquer guerra. Cada nação tem apenas recursos limitados, e mesmo o gigante que foi a América não tinha dinheiro ilimitado ou recursos infinitos. O M4 Sherman era comparativamente barato, custando menos de US $ 1 milhão ajustado para o dinheiro de hoje.

Via Pinterest

Isso contrastava com os Tigres Alemães I e II, que eram extremamente caros e custavam a não produção de um grande número de outros materiais de guerra. Com aquele preço, os Aliados podiam basicamente comprar quantos Sherman quisessem.

4 – De Confiança

Via Pinterest

A confiabilidade é um dos fatores mais importantes em qualquer projeto de tanque. Um tanque quebrado é pouco mais do que um pedaço de metal. Pior ainda, você pode precisar destruí-lo sozinho, com medo de cair nas mãos do inimigo.

Via Pinterest

O tanque M4 Sherman era famoso por sua confiabilidade, aumentando a confiança da tripulação nos seus veículos. Eles foram capazes de manter um alto grau de prontidão operacional.

3 – Comparativamente Fácil De Transportar

Via Pinterest

Uma das principais razões pelas quais os alemães tiveram tanques pesados ​​durante a guerra e os aliados ocidentais não até o final da guerra foi simplesmente logística. Tanques de batalha pesados ​​são, bem, pesados ​​e sem portos de águas profundas e muitas vezes sem pontes capazes de lidar com esses tanques pesados, eles teriam se mostrado logisticamente muito difíceis de colocar em campo para os Aliados, enquanto os alemães poderiam simplesmente expulsá-los das fábricas.

Via Pinterest

Por ser um tanque médio, o Sherman era logisticamente fácil de transportar para as praias da França e era leve o suficiente para cruzar muitas outras pontes que os tanques pesados ​​simplesmente não conseguiam.

2 – Fácil De Consertar E Recuperar

Via Pinterest

O M4 Sherman também era facilmente reparado e recuperado. Isso pode ser um fator crucial e decisivo no resultado de qualquer batalha. Na batalha, nem todos os tanques são destruídos, muitos são apenas desativados, podem ter sido destruídos ou seu motor queimado.

Via Pinterest

A capacidade de fazer a manutenção desses veículos e devolvê-los para a batalha é um dos principais fatores a serem considerados ao projetar qualquer tanque. O M4 Sherman se destacou neste capítulo.

1 – Atualizável

Via Pinterest

Outro fator ao projetar um bom tanque é o quão atualizável é a plataforma. Os alemães cometeram o erro de tentar muitos designs totalmente novos que eram caros e complicados com os problemas que todos os novos designs trazem.

Via Pinterest

O M4 Sherman foi um projeto e um chassi que funcionou e funcionou bem e se prestou a ser mais desenvolvido e melhorado com lagartass, canhões e mais adaptados ao longo do tempo.

Fonte: HOTCARS / POR AARON SPRAY

Comments
All comments.
Comments