Morreu cofundador do Instituto de História Contemporânea Luís Espinha da Silveira
Luis Espinha Silveira

O historiador Luís Espinha da Silveira, cofundador do Instituto de História Contemporânea (IHC) da Universidade Nova de Lisboa, morreu no domingo, aos 66 anos, anunciou a instituição numa nota de pesar publicada no seu portal.

Natural de Lisboa, Luís Espinha da Silveira foi pró-reitor da Universidade Nova de Lisboa (UNL) entre 2007 e 2011 e no qual teve o pelouro da reforma de Bolonha.

Entre 2005 e 2008 foi subdiretor da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da UNL, onde se doutorou em História com distinção em 1989 e onde lecionava.

Na nota de pesar, a direção do IHC destaca o contributo do docente nos “estudos sobre Estado, território e população” e o seu pioneirismo “na aproximação entre a disciplina da História, os Sistemas de Informação Geográfica e a Informática”.

Luís Espinha da Silveira foi “um dos principais dinamizadores dos estudos sobre o século XIX português numa perspetiva comparada”, realça ainda o IHC, acrescentando que o também investigador “foi um dos mais entusiastas criadores” do curso de Ciências da Informação e da Documentação na UNL.

Mais recentemente, o professor universitário foi membro da comissão organizadora do Colóquio Internacional do Bicentenário da Revolução Liberal de 1820.

Fonte: Lusa

Comments
All comments.
Comments

Ao continuar a usar o site, você concorda com o uso de cookies. Mais Informação

As configurações de cookies deste site estão definidas para "permitir cookies" para oferecer a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar as configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, estará concordando com isso.

Fechar