Chegada do A400M do Luxemburgo à Bélgica lança unidade binacional entre dois países
FG 3760223 JDW 8413

O A400M das Forças Armadas de Luxemburgo chegou a Melsbroek, a parte militar do aeroporto de Bruxelas, em 9 de outubro, para se juntar à Ala de Transporte Aéreo 15 da Força Aérea belga como a primeira aeronave de uma unidade binacional (BNU) entre os dois países. A aeronave sobrevoou vilas e cidades em Luxemburgo e na Bélgica a caminho do aeroporto Findel do Grão-Ducado a caminho de Melsbroek. A bordo estava o vice-primeiro-ministro de Luxemburgo, François Bausch, que também detém a pasta de defesa e disse após o pouso que a aeronave era pilotada por um belga e um luxemburguês.

O primeiro de sete A400Ms belgas é esperado em Melsbroek nos próximos meses, com a última aeronave chegando em 2023, de acordo com o comandante de 15 asas, Tenente Dominique Van Den Heuvel. Bausch disse que Luxemburgo fornecerá três tripulações, totalizando seis pilotos e seis carregadores, que trabalharão lado a lado com seus colegas belgas.

O comandante do Componente Aéreo Belga, General Thierry Dupont, disse que o BNU alcançaria sua capacidade operacional inicial em junho de 2021 com dois A400Ms e cinco tripulações, com a capacidade operacional final a ser alcançada até o final de 2024.

Fonte: Janes

Comments
All comments.
Comments

Ao continuar a usar o site, você concorda com o uso de cookies. Mais Informação

As configurações de cookies deste site estão definidas para "permitir cookies" para oferecer a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar as configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, estará concordando com isso.

Fechar